Imposto de Renda 2018 quem deve declarar

Quem deve declarar o Imposto de Renda 2018

Quem já declarou nos anos anteriores, prepare-se agora para o imposto de renda 2018 e fique por dentro dos prazos exigidos pela receita federal. Declaração de Imposto de Renda 2018 – acompanhe os procedimentos.

Você não entende nada de imposto de renda? Saiba que este imposto que foi instituído no Brasil em 1922 é obrigatório para algumas pessoas. Saiba quem deve declarar o imposto de renda 2018 entre outros detalhes sobre o mesmo.

quem-deve-declarar-imposto-de-renda

Primeiramente não tem como fugir do Imposto de Renda 2018 (brinca-se até que se deve fugir do Leão, se referindo a Secretaria da Receita Federal que fiscaliza as declarações), mas existem os contribuintes que tem obrigatoriedade de fazer declaração no imposto de renda 2018. No último ano era obrigatório declarar o imposto de renda os contribuintes com renda acima de R$ 23.499,15 por ano e aquelas também que obtiveram renda maior que esta. Também são obrigados a declarar quem obteve recebimento de capital sob alienação de bens, direitos, posse de terrenos e/ou imóveis com valor superior a 300 mil.

No caso, para fazer a declaração do IR 2018, o contribuinte deve entrar no site da Receita Federal através de formulário próprio que pode ser a versão simplificada ou o modelo completo através do programa de declaração do imposto de renda 2018. Geralmente este formulário deve ser preenchido entre 1° de março a 30 de abril. O modelo simplificado estará vigente em 2018 e é estimulado pelo governo para facilitar a vida do contribuinte.

imposto-de-renda-quem-deve-declarar

Também estão isentas do Imposto de Renda 2018 além das pessoas com renda inferior a R$ 28.123,91 aquelas que não têm nenhuma propriedade em seu nome que tenha valor superior a R$ 300 mil. Também são isentas do Imposto de renda as pessoas portadoras de doenças graves, entre a lista de doenças estão: AIDS, Cardiopatia grave, cegueira, contaminação por radiação, doença de Parkinson, esclerose múltipla, espondiloartrose anquilosante, fibrose cística, hanseníase, nefropatia grave, paralisia irreversível e incapacitante, tuberculose ativa, neoplasia maligna, entre outras doenças que podem ser conferidas no link www.receita.fazenda.gov.br/GuiaContribuinte/IsenDGraves.htm.

Nestes casos não há limite de renda, a pessoa com as doenças graves ficam isentas do pagamento de imposto de renda. A justificativa para isso é que muitas pessoas, em razão destas doenças, muitas precisam se afastar do trabalho e muitas vezes se aposentar precocemente. Ou no caso, a pessoa tem muitas despesas médicas que tiram boa parte de sua renda, entre outras justificativas. Saiba mais acessando: Isenção Imposto de Renda 2018

Depois do processo de recebimento das declarações do imposto de renda 2018 a receita passa pelo processo de restituição das contribuições (se necessário) que é feito em etapas aos contribuintes e este deve ficar atento às datas e valores restituídos.

Leia Mais

Como fazer a declaração IR 2018 Passo a Passo

Fazer a Declaração do Imposto de Renda 2018 Passo a Passo

Para os que estarão realizando o imposto de renda pela primeira vez, e para os que ainda possuem dúvidas sobre a declaração, acompanhem o artigo e saiba como fazer primeira declaração de IR 2018, ou relembre como fazer.

Quem não tinha feito ainda, no mínimo já deve ter ouvido falar sobre como fazer a declaração do IR 2018, mesmo sem nunca ter feito, é possível dizer que o mesmo não é impossível de fazer só, apenas exige um pouco de disciplina das pessoas em guardar todos os comprovantes de rendimentos, a fim de não gerar transtornos.

como-fazer-a-declaracao-imposto-de-renda

E até parta quem já é veterano sobre o tema ainda possui dúvidas sobre como fazer a declaração do Imposto de Renda 2018, pois a cada ano os rendimentos das pessoas são maiores, e precisam ser declarados perante a receita anualmente.

Neste artigo será mostrado como funciona o procedimento da declaração do IR 2018. Desde a fase inicial, até o momento de ter que mandar os dados para a receita federal e validar a sua declaração. Procedimento que pode durar algumas horas, ou somente alguns minutos dependendo da situação de cada pessoa ou de cada empresa.

Antes de tudo é importante avisar que você precisará ter conexão à internet e a um computador, pois o IR 2018 é feito única e exclusivamente via online, assim como todos os anos, visando facilitar o trabalho de quem está declarando, evitando filas e transtornos que poderiam acontecer se tivessem que fazer a declaração diretamente com a receita federal.

Passo a passo para fazer a declaração do IR 2018

Em primeiro lugar é preciso baixar dois programas no site da receita federal. Estes dois servirão para: lançar os dados e fazer a sua declaração, e o outro para enviar toda essa documentação para a receita e efetivar os trâmites.

imposto-de-renda-como-fazer-a-declaracao

Depois de ter baixado os programas, começará a lançar os dados em um deles. É importante preencher todos os campos que considerar importantes, pois não é possível retificar as informações posteriormente, referentes a esse mesmo ano. As que são lançadas são as que serão enviadas e somente no ano seguinte poderá fazer modificações, realizando um novo imposto de renda.

Caso tenha colocado informações erradas e não tenha como voltar, o recomendável é que desinstale o programa e faça a instalação novamente. Assim correrá menos risco de cair na malha fina da receita federal e não terá transtornos, somente terá que preencher todos os dados novamente.

Depois de ter completado suas informações e agora já sabe como fazer a declaração do IR, é preciso usar o segundo programa baixado para enviar estas informações para a receita federal. O pagamento da alíquota poderá ser feito a traves de boleto que será gerado após fazer a declaração. Depois disso é só fazer o pagamento e acompanhar sua situação para saber se correu tudo certo.

A declaração do IR 2018 é de obrigação de todo os que se enquadram dentro das exigências, e deixar de fazer podem ser considerados crime dentro do país. Se ainda restou dúvidas sobre a declaração do Imposto de Renda 2018, acesse o site: www.impostoderenda.net.

Leia Mais

Como Declarar Imposto de Renda 2018

Imposto de Renda 2018 Como Declarar

Declarar imposto de renda
é um procedimento anual e que não tem como fugir dela. Por isso que muitas pessoas querem aprender como é que podem fazer isso, quem nunca fez sempre tem duvidas, mas há ainda os que já fizeram, mas ainda tem dúvidas quando vai fazer de novo, o que é bastante normal mesmo. Confira como declarar o imposto de Renda 2018 passo a passo e não erre na hora de sua declaração.

declarar-imposto-de-renda-2018

Primeiro a gente tem que entender como que funciona para que não tenhamos erro quanto a isso. Saiba que declaração do IR 2018 é um dever seu, sem isso você acaba ficando irregular com a receita federal, e isso não é nada bom, você pode ter certeza. Veja mais informações sobre como funciona a declaração para que você possa fazer essa sem erro.

Com a chegada desse novo ano muitas pessoas querem saber Como fazer a declaração do Imposto de Renda 2018, por que temos que fazer isso daqui uns dias, então já é bom que saibamos como funciona para que depois possamos fazer sem erro. Mas a própria Receita Federal já facilita isso muito para todos os seus contribuidores, e para isso ela disponibiliza um programa onde o usuário baixa no site mesmo, e depois instala no computador. Esse programa ajuda muito a gente a fazer as contas corretas. Mas é sempre bom fazer com os dois métodos, ou seja, através do programa e também do método manual para que você possa fazer a comparação depois. Não podemos é perder a data, logo abaixo você tem o site onde poderá conferir maiores detalhes e informações a respeito.

Dessa forma fica bem mais fácil de você entender como pode declarar o imposto de renda, que todos os anos é um dever dos cidadãos que se encaixam nos requisitos da Receita também. Baixe o programa para calcular imposto de renda que a Receita disponibiliza gratuitamente para todos, abaixo tem o site:

• Site Receita Federal: http://www.receita.fazenda.gov.br/principal/declaracoes/declarairpf.htm

Já tem data para declarar o Imposto de Renda 2018 e por isso que todos devem atentar-se a essa data, pois depois que passa do prazo não tem como a gente participar mais. Então saiba como funciona e como fazer a sua o quanto antes. Quanto mais a gente adianta esse serviço mais fácil fica também. Muitos atrasam todos os anos por que não se atentam as datas, mas esse ano nem temos essa desculpa, por que hoje em dia a gente tem a internet onde podemos consultar todas as datas certinhas pra gente participar também e sem erro.

Leia Mais

Imposto de Renda 2018 Isenção

Isenção Imposto de Renda 2018

Estamos já em época de começar a pensar na
declaração do Imposto de Renda 2018, mas há ainda aqueles felizardos (ou não) que não são obrigados a fazer esta declaração de Imposto de renda, ou seja, aqueles que tem isenção do imposto de Renda 2018

imposto-de-renda-2018-isencao

A maioria das pessoas sabe da obrigatoriedade da declaração de imposto de renda 2018, mas existem algumas pessoas que são
isentas desta obrigatoriedade como é o caso de pessoas portadoras de algumas enfermidades que seguem em uma lista grande destas.

A lista de enfermidades em que as pessoas que as tem estão isentas de declarar o imposto de renda 2018 são as seguintes: AIDS (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida), Alienação mental, cardiopatia grave, contaminação por radiação Doença de Paget em estados avançados (ou também chamada de osteíte deformante), esclerose múltipla, fibrose cística, espodiloartrose anquilosante, hanseníase, neoplasia maligna, nefropatia grave, paralisia irreversível e incapacitante, tuberculose ativa.

Também são isentos do imposto de renda aqueles que provenientes de aposentadoria ou reforma motivada por acidente em serviço e também pela moléstia profissional (as conhecidas LERS, por exemplo). Mas, há alguns poréns sobre esta isenção, por exemplo, de trabalhador que tem uma das enfermidades acima, mas que ainda estejam trabalhando e aqueles que ainda estão trabalhando; aquele trabalhador que recebe concomitante a atividade empregatícia ou autônoma aposentadoria reforma ou pensão.

Para ter esta isenção de imposto de renda o contribuinte deve verificar se cumpre as condições para o benefício da isenção, no caso de cumprir as exigências deverão procurar médico oficial da União, dos Estados, do Distrito Federal ou dos Municípios para que seja emitido um laudo pericial oficial que vai comprovar a moléstia. No laudo será colocada a data aproximada de quando a moléstia foi adquirida, mas quando não for possível datar, geralmente coloca-se como data de início da moléstia a data que foi feito o laudo. Este laudo deve ser apresentado na fonte pagadora, falando do cumprimento de todas as condições para gozar da isenção. No caso de hepatopatia grave são isentos os rendimentos auferidos a partir de 1/1/ 2005.

Quanto à obrigatoriedade do imposto de renda quem recebeu renda em soma igual ou superior a R$ 25.661,70, recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte cujo valor soma mais de R$ 40 mil; quem ganha capital e operações de bolsa de valores; quem exerce atividade rural em valor igual ou superior a R$ 128.308,50. Demais condições consulte o site da Receita Federal.

Leia Mais

Imposto de Renda 2018 Regras – O que mudou, Dúvidas

Regras Declaração Imposto de Renda 2018

Todo começo de ano temos algumas preocupações como mensalidades escolares, impostos cobrados e lá para março, a preocupação é a declaração do imposto de renda. A seguir
tire suas dúvidas sobre o Imposto de Renda 2018.

imposto-de-renda-2018-regras-duvidas

A
declaração oficial do Imposto de Renda 2018 começa oficialmente dia no primeiro dia útil de março e o prazo final será até o último dia útil de abril e, desta forma, o contribuinte terá menos dias para declarar o Imposto de Renda e esta diminuição de dias é decorrente a copa do mundo que acontece em junho e a Receita Federal quer antecipar seus trabalhos e não deixar para depois a restituição do imposto de renda. Esta foi a principal mudança do Imposto de Renda 2018.

Primeiramente, para quem não sabe, deve começar a fazer os downloads do programa da receita federal que já está disponível a partir do final de fevereiro de 2018 o que pode facilitar e antecipar os preparativos que antecipam a declaração do imposto de renda e este pode ser baixado para tablete e smartphones, mas para estes dispositivos, a Receita Federal só liberará no dia 6 de março quando começaram a entrega do IR.

Confira também: Programa Imposto de Renda 2018

De acordo com as normas da Receita Federal define quem deverá declarar o imposto de renda e que no caso são as pessoas que tiveram rendimentos tributáveis como ganhos acima de R$ 28.123,91 por ano ou rendimentos não tributáveis isento ou tributados exclusivamente na fonte com valor acima de R$ 40 mil. No caso os rendimentos tributáveis são o salário, rendimento isenta ou não tributáveis pode ser, por exemplo, uma indenização trabalhista. Desde há muito tempo a declaração deve ser entregue via internet sem a necessidade de entrega em disquete como era feito antigamente ou outro meio físico, mas, recomenda-se para quem faz sua declaração de importo de renda que o declarante salve a sua declaração tanto em um HD do seu computador e também em uma mídia fixa, como um CD/DVD Room ou Pen Drive. Sempre é bom deixar tudo documentado, inclusive imprimir a sua declaração de imposto de renda toda pronta.

No caso de querer fazer este ano sua declaração de Imposto de Renda 2018 em tablets e smartphones deverá baixar um programa específico da receita chamado de m-IRPF só que este tipo de declaração fica restrita as pessoas que tiveram rendimentos tributáveis no exterior ou superiores a R$ 10 milhões, entre outros casos.

O site da Receita Federal e outras fontes como o site do jornal O Globo estão com seções de tirar dúvidas sobre o Imposto de Renda 2018 para quem ainda tem muitas dúvidas sobre a declaração de imposto de renda. Por isso, se tem dúvida, procure as fontes confiáveis para tirar dúvidas e antecipa a sua declaração.

Leia Mais

Informe de Rendimentos 2018

Informe de Rendimentos INSS 2018

Muitas pessoas ativas utilizam os serviços do INSS e que precisam informar anualmente na declaração o IR, a instituição deve fornecer o
Informe de Rendimentos. Mas, o que é isso? Confira a seguir como conseguir o informe de rendimentos 2018 seja do INSS, de bancos ou de instituições financeiras.

informe-de-rendimentos-2018

O informe de rendimentos também é algo importante para quem faz sua
declaração de imposto de renda e é algo que consolida todas as suas informações financeiras ocorridas entre a fonte pagadora (empresa, banco, entre outras) e o beneficiário durante o ano-calendário. Esta informação é usada principalmente para a declaração do Imposto de renda e também para o INSS.

No caso, os bancos fornecem este Informe de Rendimentos sempre próximo do momento vigente para fazer a declaração do imposto de renda. Por isso, os interessados precisam ficar atentos a correspondência recebida e verificar se o seu Banco não mandou via correio o Informe de Rendimentos. Caso negativo pode-se ir a uma agência e exigir este informe por escrito ou até mesmo conseguir via internet banking. Por isso, sempre é bom você se antecipar e já solicitar o seu Informe de rendimentos e ter em mãos quando já começarem o prazo para declaração do imposto de renda.

No caso do INSS você deve acessar o link www.mpas.gov.br e clicar na opção “Serviços ao segurado” e você será redirecionado para uma página onde você deverá encontrar a opção “extrato do imposto de renda”, onde serão solicitados seus dados pessoais. Os dados solicitados pelo INSS são: CPF do titular do benefício data de nascimento, número de identidade, nome completo e o número do seu benefício. Depois, você será direcionado para nova página onde será informado seu extrato de rendimentos do INSS e você deve imprimi-lo para informar inclusive ao imposto de renda. Mas, se você tem dúvidas se é titular do benefício do INSS, vá a uma agência da instituição com sua documentação para saber sobre isso. Lá eles também podem te informar o extrato de rendimentos para você ter em mãos para fazer sua declaração. Por isso, é bom se antecipar e informar sobre isto para não correr de última hora o que é bem comum de acontecer no Brasil.

Já quanto aos bancos, estes têm formas de fornecer o informe de rendimentos 2018 no caso de clientes de plano individual, o informe é enviado via correio, caso não seja recebido o cliente pode requerer via internet ou pela central de atendimento do seu banco. No caso dos clientes de plano empresarial pode obter consultando o site do bancou em contato com a central de atendimento. Fiquem atentos a isto e o prazo, por exemplo, da declaração do imposto de renda 2018.

Leia Mais