Malha Fina IR 2018 Receita Federal – Consulta

Consultar Malha Fina Imposto de Renda 2018

Estamos em época de declaração anual do Imposto de Renda e ao mesmo tempo em que é obrigatório fazer o imposto de Renda a
Receita Federal liberou no último dia 10 de março a consulta aos lotes residuais do Imposto de Renda de contribuintes que caíram na malha Fina do ano 2018. Já a malha fina do IR de 2018 será liberada somente no ano que vem, veja como consultar a malha Fina do Imposto de Renda.

malha-fina-receita-federal-consulta

Para consultar os contribuintes que caíram na malha fina deverão consultar através do link www.receita.fazenda.gov.br/Aplicacoes/Atrjo/ConsRest/Atual.app/paginas/index.asp através do CPF do contribuinte e digitando imagem gerada pelo site para consultar se seu nome está na malha fina. A consulta também pode ser feita através do telefone 143 (opção três) ou via aplicativo para dispositivos móveis.

Nesta malha fina de 2018 foram incluídas 994 contribuintes segundo a Receita Federal e serão pagos cerca de R$6,7 milhões de contribuições e a maior parte é relativa ao exercício 2011, sendo destas 649 contribuintes no valor de R$ 5,6 milhões. A restituição ficará disponível no banco por um ano e se não solicitar neste prazo o contribuinte pode solicitar via internet pelo Formulário Eletrônico – Pedido de pagamento de restituição, ou diretamente no ECAC.

No caso do lote de restituição, o último foi liberado pela Receita Federal em dezembro referente ao exercício 2012 (ano-calendário 2012). As declarações não estavam neste lote, nem no anterior, pois foram retidas pela malha fina para averiguações.

De acordo com a Receita Federal ficaram retidas 711.309 mil declarações retidas na malha fina somente em 2018, contra 604.299 restituições em 2012, o que significou um aumento de 17,7%. O motivo que levou este aumento foi que houve muitas omissões de rendimentos no último ano o que significou 53% de declarações pendentes ano passado.

As restituições somente são pagas quando o contribuinte quitar suas questões com a receita Federal.

No caso mencionado acima de o contribuinte num prazo de até um ano não retirar a sua restituição deve procurar o formulário eletrônico no site da Receita. Caso sua restituição não tenha sido creditada, o contribuinte deve contatar pessoalmente qualquer agencia do Banco do Brasil ou ligar para a Central de atendimento do Bando do Brasil pelo número 4004- 0001 (capitais) ou 0800-729-0088 em demais localidades no Brasil.

No caso da declaração de imposto de renda atual, não se esqueça de declarar para não ter problemas futuros. A data final de declaração do Imposto de renda 2018 é até dia 30 de abril de 2018. Não deixe para última hora.

Leia Mais

Imposto de Renda 2018 Restituição

Restituição do Imposto de Renda 2018

Todos os anos para muitos brasileiros, a ação de declarar o imposto de renda já é automático, principalmente para quem possui seus contadores que realizam esta tarefa. Tanto aos novos declarantes como os que já fazem o imposto de renda, vejam neste artigo quem deve declarar o imposto de renda em 2018.

imposto-de-renda-restituicao

O Imposto de renda 2018 ou imposto sobre rendimento é um imposto que está presente em praticamente todos os países só que com mudanças de como funciona. Este é válido sobre o contribuinte seja ele pessoa física ou jurídica que tem a obrigação de repassar para a receita federal de seu país os valores de seu rendimento anual (no caso do ano anterior). Confira como funciona e como consultar a restituição do Imposto de Renda 2018.

A restituição ao imposto de Renda 2018 seria a dedução realizada com base nas informações financeiras fornecidas pelo contribuinte, como os gastos que o mesmo faz em educação, saúde entre outros que fazem com que esta restituição aumente.

O imposto de renda no Brasil foi implantado em uma primeira tentativa em 1843, mas o sistema econômico da época não tinha tantos contribuintes assim e também o país era pequeno em questões financeiras que viabilizasse o imposto. Depois, houve outras tentativas de implantação, em 1864 e 1870 que foi usado com o fim de financiar a Guerra do Paraguai, mas também não teve sucesso (pois os poucos contribuintes muitos não queria apoiar a guerra). Mas, o imposto foi finalmente instituído em 1922 que tinha inicialmente a proposta de financiar a saúde e educação e desenvolvimento urbano. Abrindo parêntese aqui, o imposto atualmente deve atender a estas necessidades da sociedade brasileira, mas o que muitas vezes não é feito e não há transparência do que é feito com o dinheiro arrecadado neste imposto que é bastante volumoso.

Quem Recebe Restituição do Imposto de Renda 2018?

Deixando esta discussão de lado, o direcionamento do dinheiro arrecadado do imposto de renda 2018, este tem como responsável pelo processamento e fiscalização das declarações é o Ministério da Fazenda e a fiscalização é feita pela Secretaria da Receita Federal que é comumente chamada de Leão.

restituicao-imposto-de-renda-2018

A pessoa anualmente tem que se preparar para o Imposto de renda que sempre é cobrado a partir de abril e lá a pessoa precisa declarar o que teve de renda e gastos no ano anterior. Há um limite de isenção que é para aqueles contribuintes que ganharam anualmente de renda até R$ 18.799, 32, isto foi o valor de 2012. Já ao valor de isenção 2018 é de R$19.645, 32. Agora há ainda umas alíquotas aplicadas sobre aqueles contribuintes de diferentes faixas de renda. Por exemplo, entre 19.645,33 até R$ 29.442,00 a alíquota é de 7,5% e o resultado desconta-se uma parcela de pagamento de imposto de R$ 1.473,40. Agora para quem tem uma renda acima de 49.051,80 o valor da alíquota é de 27,5% e a quantia a ser paga ao Leão é de R$ 9.078,38.

Você deve conferir diretamente no site da Receita Federal os valores atualizados, pois cada ano esses valores do Imposto de Renda são corrigidos pela Receita. Por isso, se você não tem facilidade com números procure um contador que possa te auxiliar no imposto renda inclusive para saber quanto receberá de restituição do Imposto de Renda 2018.

Leia Mais